Quantas pessoas você conhece que utiliza redes sociais na hotelaria ou para outras funções? Com certeza a maioria, acertamos? Essa tendência é mundial e pode ser uma ótima ferramenta para seu negócio.

Um levantamento feito pela Hootsuite e We Are Social mostra que 40% da população mundial atualmente utiliza pelo menos uma plataforma social ativamente. A pesquisa ainda apontou que metade desse grupo utiliza apenas o Facebook. Em seguida encontramos o Youtube e WhatsApp. O Instagram aparece em sétima posição, em uma lista com 23 sites.

Sabendo dessa estatística, você consegue nos responder se as redes sociais do seu hotel são aproveitadas completamente?

As redes sociais são uma das cinco principais estratégias do marketing digital hoteleiro e com a maioria das funcionalidades totalmente gratuitas.

Hoje todas as redes sociais permitem que façamos uma gestão completa, com canais de reserva, compartilhamentos de fotografias ideais do espaço, comentários, reviews, etc. Não estar atento a tudo isso é deixar passar a possibilidade de um retorno financeiro considerável.

Por isso, criamos esse post para ajudar a sanar todas as suas dúvidas. Contaremos um pouco mais sobre as principais redes sociais e como engajar seu hotel com sucesso a partir de agora. Veja.

Primeiro passo: descubra as redes sociais dos seus hóspedes

Um erro comum é utilizar perfis em todas as redes sociais sem saber se aquele canal é o mais utilizado pelo seu público-alvo. O mais indicado é investir um volume maior de tempo e dinheiro em uma plataforma onde você terá mais sucesso e será mais facilmente visto.

O primeiro passo, portanto, é descobrir quais as redes sociais dos seus hóspedes.

Se você tem um público mais jovem, por exemplo, investir em posts instantâneos através do Instagram é uma ótima estratégia. Para fechar reservas online com a geração Millenium você precisa ofertar o que eles gostam: informações rápidas e dinâmicas. Os Stories têm se tornado cada vez mais popular e não pode ser deixado de lado na sua estratégia.

Vamos ver então as principais redes sociais e suas características.

Principais redes sociais para hotelaria

Tudo bem, sabemos que você pode estar um pouco perdido sem saber que redes sociais são essas. Criamos então uma lista com as principais redes sociais utilizadas por empresas brasileiras. Contamos também um pouco sobre cada uma delas e qual o perfil de usuário. A partir das informações abaixo, você já terá uma boa noção sobre por onde começar seu marketing hoteleiro.

Facebook

O Facebook conta hoje com 2 bilhões de usuários cadastrados no mundo inteiro, onde 130 milhões são brasileiros. Quando se fala em estratégia, as empresas têm investido muito nessa rede por ser bastante popular e trazer uma interação completa com o usuário.

Contudo, com a instantaneidade de outras plataformas, a pesquisa no Facebook tem caído um pouco no último ano. Ainda assim, não é nada indicado deixar de fora da sua estratégia. O portal ainda oferece uma gama de métrica que dá para traçar um perfil completo de usuário da sua fanpage e direcionar melhor seu planejamento.

Para divulgações impulsionadas (pagas) e anúncios você conseguirá bem definir os interesses do seu público, localização, e até subir lista de e-mails para criar um público correlato e acertar melhor o alcance das suas postagens.

Usuários do Facebook são pessoas que buscam informações completas, densas e que nem sempre querem pesquisar diretamente o Google. Para quem deseja aumentar as visualizações de site e outras páginas, essa é a melhor rede atualmente, pois a sua função de compartilhar posts e notícias traz bastante retorno para o estabelecimento.

O público usuário do Facebook é bastante variado e amplo. Tem crescido muito nos últimos anos a participação da terceira idade nessa rede sociais e caído o número de adolescentes.

WhatsApp

O WhatsApp acumula 120 milhões de usuários no Brasil e já deixou de ser um aplicativo apenas para troca de mensagens instantâneas. Com o lançamento do WhatsApp Business, em 2017, o número de empresas ativas na plataforma só aumentou.

O hotel pode criar uma Lista de Transmissão, encaminhando promoções e descontos exclusivos e em primeira mão, por exemplo. Já imaginou como essa comunicação direta com seu hóspede pode melhorar as suas reservas diretas? É uma ótima dica, principalmente para fechar reservas na baixa temporada.

O WhatsApp gera uma interação maior com o hóspede. Ele pode tirar dúvidas sobre preços e o estabelecimento sem aguardar muitos minutos, como geralmente acontece com o e-mail e outros canais de mensagens.

Só atenção: por ser uma rede social mais pessoal, pois é vinculada ao número de telefone, não saia por aí adicionando seus hóspedes em grupos e mandando propagandas aleatórias sem autorização dos mesmos!

YouTube

O YouTube tem uma popularidade aparentemente tímida, se compararmos com outras plataformas. São 98 milhões de usuários ativos no país, mas deixar esse canal de fora da sua estratégia pode levá-lo a perder boas oportunidades.

A rede de vídeos permite ao usuário conhecer visualmente seu espaço, a sua cidade e obter diversas outras informações, por exemplo. Dá para investir em vídeos institucionais ou promocionais com bons retornos.

Os anúncios são mais custos, principalmente pensando que criar vídeos profissionais requer investimento de tempo ou dinheiro se for contratar alguém.

O YouTube é um canal onde o público é variado e as buscas ocorrem, principalmente, para dicas de destino, o que fazer em um lugar e ver as experiências que podem ser vivenciadas durante uma viagem. Se sua decisão for por esse canal, pense nesse tipo de conteúdo.

Instagram

A maior rede de compartilhamento de fotos do mundo também não podia ficar de fora da nossa lista. São 61 milhões de usuários no Brasil, que desejam ver fotos, vídeos, transmissões ao vivo, etc. Tudo o que possa deixar seu público mais próximo do estabelecimento.

Apesar de ter uma variação etária muito grande entre os usuários, o maior público do Instagram ainda está entre os 20 e 40 anos. Se você quer também investir em uma comunicação mais humanizada e instantânea, o Instagram é uma ótima ferramenta para o marketing hoteleiro.

Os Stories estão crescendo, por mostrarem em tempo real o local, os acontecimentos e também engajam com perguntas, sugestões e dicas que saem do ar em 24 horas.

Em julho desse ano foi lançado também o IGTV, que é uma espécie de canal de televisão do Instagram. Os vídeos são verticais, diferentes do YouTube. O hotel pode publicar quantos vídeos quiser e eles ficam disponíveis para visualização no canal por tempo indeterminado. Ótimo para apresentar informações do seu destino de maneira inovadora e diferente.

Twitter

Há quem ache que o Twitter está em desuso, mas isso não é bem uma verdade. Concordamos que houve uma queda de usuários desde 2013, mas ainda há 330 milhões de pessoas ativas na plataforma ao redor do mundo. Aqui no Brasil esse número está em cerca de 30 milhões de usuários.

Para quem pensa em fazer gestão de Branding, o Twitter é considerado um site promissor. Através da rede você consegue trabalhar bem a marca do seu hotel e ter respostas bastante positivas dos usuários.

Porém, essa rede sociais requer uma interação maior, em tempo real de acontecimentos, com uma dinâmica rápida de tuítes e re-tuítes. Com isso, a manutenção e atualização do perfil requer um maior tempo de dedicação.

O público atuante na rede é, principalmente, entre 16 e 30 anos.

LinkedIn

O LinkedIn é uma rede social corporativa e, se esse é seu público, você precisa traçar uma estratégia também para esse portal. Hoje são 29 milhões de usuários brasileiros, buscando benefícios para empresas ou clientes empresariais.

Além de ser uma ótima rede para difundir a marca para o público citado anteriormente, o LinkedIn também é uma ferramenta poderosa para quem deseja aumentar a networking, com parcerias promissoras. Você encontrará perfis de empresas de todos os portes, além de agências, guias de turismo, restaurantes, entre outros.

Os anúncios do LinkedIn são mais caros que de outras redes (mínimo R$ 20,00 por dia), mas você conseguirá segmentar bem seu público e focar os anúncios para quem interessa.

Google+ e Google Meu Negócio

A rede social do Google, o Plus, nunca foi muito utilizada pelo público em geral. Seu acesso era mais difícil e não emplacou. Porém, ela contou muito para o posicionamento da marca em relação às pesquisas orgânicas.

Já o Google Meu Negócio, apesar de não ser uma rede social em si, é fundamental para a visibilidade e reservas diretas do hotel. Primeiro que é a ficha cadastrar que aparecerá em destaque nas pesquisas orgânicas e no Maps. Segundo, que é nela que estão suas principais informações públicas incluindo fotos, descrições, endereço, contatos e avaliações de outros hóspedes (que contam muito para a decisão de outros viajantes).

E o Google Meu Negócio ganhou ainda mais destaque com o Google Hotel Ads, onde na ficha aparece o link direto para realizar a reserva no seu web site.

Já falamos disso nesse outro post Tudo Sobre o Google Hotel Ads, leia também!

O Google Meu Negócio recentemente começou a atuar também com postagens sobre o local, como promoções, dicas e informações úteis aos usuários. Ótimo espaço para divulgar pacotes promocionais, descontos, eventos e novidades do seu estabelecimento.

Esse canal só cresce e é fundamental que você o utilize para subir seu ranking e conquistar mais visitantes para o seu web site.

TripAdvisor

O TripAdvisor é uma das redes sociais na hotelaria de maior importância. Apesar de não ser exclusiva para hotéis, é uma rede de viajantes, sendo o maior portal de reviews do mundo! É aqui que seu cliente pesquisará com maior frequência como está a imagem do estabelecimento, avaliações, notas e comentários de outros turistas.

Sendo assim, tenha um perfil completo, que sempre responde elogios e críticas, que publica promoções e outras ações para ter uma resposta mais rapidamente nas suas reservas diretas.

Já falamos sobre como fazer uma boa Gestão de Avaliações (Reviews) nesse post. Leia também!

Pinterest

Além das redes sociais acima, não podemos deixar de destacar o Pinterest. Essa plataforma, apesar de tímida, tem apresentado um crescimento considerável e vale a pena ficar de olho como potenciais canais em um futuro próximo.

O compartilhamento dela é voltada para infográficos e imagens, sendo que na área de turismo a apresentação do conteúdo é em roteiros, por exemplo, ou dicas do que visitar.

O público é, principalmente, feminino entre 30 e 50 anos e que gosta de planejar sozinho uma viagem, pois no início o Pinterest foi criado para compartilhar dicas e tutoriais de “faça você mesmo” (Do It Yourself em inglês).

Até aqui ok? 🙂

Mas, você deve estar se perguntando: como faço para atrair hóspedes e reservas via redes sociais?

A gente comenta alguns pontos fundamentais a seguir!

Como ter um perfil que engaja

Tudo bem que conhecer as redes sociais foi o primeiro passo. Agora chegou o momento de colocar o marketing hoteleiro em prática e começar a trabalhar definitivamente seu perfil nesses canais. É preciso pensar em alguns detalhes que fazem toda diferença para a sua marca. Elas trazem uma maior visibilidade, segurança para o hóspede e garantia de satisfação inicial.

1. Tenha um perfil completo

Já imaginou seu hóspede entrar na sua página do Facebook ou no seu perfil do Instagram e não saber informações sobre o seu hotel? Detalhes como endereço, telefone e site são importantes para o planejamento da viagem do futuro hospede e também para garantir a segurança da empresa.

Então antes de ele perguntar todas essas questões, deixe tudo destacado nos campos de descrição. No YouTube e no Instagram, o hotel consegue ainda criar uma pequena chamada no perfil, mas no Facebook esses dados são padronizados e só precisam ser preenchidos.

E claro, sempre que qualquer uma dessas informações mudar, o perfil precisa ser atualizado instantaneamente.

2. Imagem é tudo

Seu hóspede ainda está pesquisando. Ele deseja o máximo de detalhes sobre o hotel, como se ele estivesse vendo pessoalmente o espaço. Se você promove isso, sem mistérios ou manipulação, as chances de conquistá-lo são quase que totais.

Como citamos mais no início do post, trabalhe com fotos bonitas, profissionais e que mostrem todos os espaços, quartos e detalhes que o hóspede precisa para não ter surpresas quando chegar no estabelecimento.

Explore ângulos diferentes e invista em fotos 360 graus.

Evite trabalhar muitos efeitos e filtros que tirem a naturalidade dessas imagens. Isso também pode ser visto como algo negativo pelo seu público. Como diz o ditado: “Uma imagem vale mais que mil palavras”.

3. Faça um trabalho de design diferenciado

Imagem de capa e dos posts trabalhadas também criam uma linha visual que ajuda o cliente a identificar o que ele busca no hotel.

Siga sua identidade visual do logotipo e capriche nos posts!

4. Publique conteúdos interessantes

Uma boa página nas redes sociais na hotelaria não é aquela que publica indescritivelmente e a todo momento. É preciso planejamento e também oferecer conteúdo úteil, mostrando ao seu hóspede que você se preocupa com o fato de ele ter uma boa estadia e experiências no seu destino.

Publique dicas de passeios ou eventos que terão na cidade, mostre o que há pelo bairro, dê informações sobre como chegar de forma facilitada e econômicas, divulgue outros locais como restaurantes, teatros e casas de show, compartilhe informações úteis do destino e, lembre-se sempre de divulgar seus pacotes, mostrar seus ambientes e em datas especiais oferecer aquele desconto ou benefícios! 😉

Você nem sempre precisa vender algo em seus posts. O conteúdo também oferece qualidade e engaja. As pessoas entram nas redes sociais para se divertir, distrair e também planejar viagens. Encontrar um post interessante sobre um local que ela está interessada em ir, estimula ainda mais a reserva junto ao seu estabelecimento.

5. Responda comentários e menções

Tenha uma página com interação. Apenas publicar não vai atrair público para seu hotel.

Seja cortês, responda todos os comentários e menções feitas para o seu estabelecimento. Não deixe mensagens diretas esperando muito tempo, ou apenas com respostas automáticas, ou ainda com robôs que não respondem nem esclarecem as dúvidas dos hóspedes.

Lembre-se que o melhor atendimento é o humanizado. Grandes empresas têm investido muito nisso.

6. Traga solução para seu hóspede

A falta de uma gestão de reviews na hotelaria é um problema grave. Se o hotel não se preocupa em responder as críticas deixadas por seus hóspedes e buscar uma solução para o problema, perderá de fidelizá-lo e ainda deixará passar a oportunidade de ter outros hóspedes mais frequentes.

Use todas as habilidades da sua equipe para entender o hóspede, buscar uma solução rápida e inteligente para ele, de forma que ele reverta a crítica em elogio.

Você ainda pode utilizar, futuramente, a história como um case de sucesso para seu estabelecimento. 🙂

Ok. Você já faz postagens de conteúdo útil, dicas de passeios, experiências regionais, e intercala com posts que mostram seu local, instalações e acomodações. Mas, ainda tem algumas ações bem interessantes, veja:

Rede Social é Compartilhamento

Agora que você já viu todas as redes sociais para hotelaria e sabe o que publicar, já deve estar deduzindo o que é melhor desses canais, né? Se você pensou alcance, acertou!

Quando você tem um número de seguidores, ele pode se multiplicar, e o seu post viralizar (espalhar rapidamente) ou ser compartilhado com mais pessoas que não fazem parte da sua rede em si. Isso amplia muito a visualização do seu perfil.

Vamos a um exemplo prático: Joana estava procurando dicas sobre Aracaju, já que pretende passar as férias lá. Encontrou um post no seu Facebook com um link para uma dica de passeio que ela amou! Ela compartilhou esse passeio marcando o seu namorado nos comentários, que também adorou a ideia. Joana curtiu seu perfil e começou a seguir seu conteúdo. Dias depois, você publicou um pacote promocional de meio de semana que coincidiu perfeitamente com os dias de férias da Joana. Ela clicou, foi para seu site, gostou do pacote e reservou com você. Ótimo, né? E agora você finalizou suas ações nas redes sociais? ?

Claro que não! Joana no retorno ficou tão satisfeita com o seu hotel que deixou uma avaliação tanto no Facebook, quanto você solicitou para ela deixar no Google (imprescindível para melhorar o ranking, você já sabe, né?). Ela postou várias fotos de Aracaju, inclusive curtindo o café da manhã, a piscina ou relaxando nas áreas de lazer do seu hotel. Isso fez com que toda a rede social da Joana conhecesse seu lugar e, se alguém pensar em ir para Aracaju, já sabem onde se hospedar! Você compartilhar essas fotos no seu perfil mostrando como os hóspedes usufruem das suas instalações.

Mas, você foi além! Uma semana depois da Joana se hospedar, deixar comentário positivo e estar ainda lembrando as férias incríveis que teve, você envia para ela um e-mail com um cupom de desconto para ela compartilhar com os amigos e familiares. Joana enviando isso para sua rede, poderá trazer novos hóspedes que se sentirão especiais pois vieram de uma indicação, a Joana!

E você pode inovar ainda mais! Geralmente as pessoas tiram férias quase na mesma época. Então, meses antes dessa data, você pode enviar para a Joana um e-mail falando que está na hora dela planejar as férias, pois há quase um ano ela curtia Aracaju no seu hotel. Enviar dicas de novos lugares, novos passeios, experiências regionais, e também aquele descontinho que todo mundo adora! Se ela se empolgar novamente, poderá retornar e ter novamente uma temporada maravilhosa, e você reduziu o custo de aquisição de hóspede!

Que tal? Curtiu a ideia de aproveitar as interações pessoais das redes sociais para reduzir os custos de aquisição de novos hóspedes?

 

Mais dicas de Ações Estratégicas para redes sociais na hotelaria

Todas as ações acima podem parecer muitas de início. Se você organiza um calendário para todas elas e segue-o corretamente, perceberá que a função será natural com o passar do tempo. Ainda assim, vale destacar algumas ações que facilitam e alavancam o marketing para redes sociais na hotelaria.

a. Uso correto de Hashtags

As hashtags são uma ótima forma de atração nas redes sociais. Elas ajudam a filtrar o assunto e mostram o que está sendo feito sobre aquele tema na plataforma. O Instagram, em uma de suas últimas atualizações, já disponibilizou pesquisa de hashtags por tema. Por exemplo, você pode buscar todas as tags relacionadas com a hotelaria, sem a necessidade de colocá-las individualmente no campo de pesquisa.

#hotel #RiodeJaneiro #ErreJota #RJ #LoveRio #dicadepasseio #praia #beach #instario #LoveRJ #destinodeferias #AmooRio #hotelnoriodejaneiro #carioca #cariocando

Ainda dá para acompanhar hashtags que você queira. Então se seu hóspede está viajando para o Rio de Janeiro, por exemplo, ele pode acompanhar diversas tags que o ajudem a montar o roteiro, escolher o melhor hotel, pesquisar passagens, etc.

Então no final dos seus posts, não hesite em utilize as hashtags com cautela e atenção. Escolha as principais e que atrairão mais reservas para seu hotel, relacionando-as com o que está sendo postado.

Outra dica é criar a sua própria tag, por exemplo, #hotelmetropole ou #pousadadaestrela. Dessa forma seus hóspedes automaticamente marcarão o hotel e farão uma publicidade direta na rede.

b. Promoção é a alma do negócio

Principalmente na baixa estação, criar promoções especiais faz toda diferença. Pense em feriados prolongados, festivais de música ou qualquer outro evento que terá na sua cidade. Tudo isso movimenta bastante o setor hoteleiro e é preciso estar antenado.

Também não deixe de cogitar a oferta de descontos para hospedagens mais prolongadas, principalmente se o hóspede perguntar isso. A melhor estratégia é já planejar uma tabela com esses descontos, conhecendo a sua base de valor. Dessa forma, você conquista o seu hóspede e não tem prejuízos.

Uma boa dica também é ter descontos para grupos. Hoje já é comum que hotéis no mundo inteiro ofertem esses pacotes promocionais para uma quantidade maior de viajantes. Além de ter um retorno financeiro positivo, esses grupos ainda trazem uma dinâmica diferente para o hotel e permitem um planejamento mais direto de toda a sua equipe de funcionários. Isso se aplica também para viagens para participar de eventos, como congressos e feiras. Então fica ligado no calendário de eventos da sua cidade e região.

E, claro, não se esqueça de divulgar todos os pacotes que você oferece, seja ele de lua de mel, de final de semana, para famílias, entre outros. Para criatividade o céu é o limite, né?

c. Use gatilhos mentais

Gatilhos mentais são estratégias de marketing infalíveis para qualquer negócio. Eles trabalham todos os sentidos do seu público e geram um retorno melhor e maior para o hotel, pois facilitam as tomadas de decisão.

Bons exemplos de gatilhos mentais para serem utilizados em redes sociais na hotelaria são:

  • Dar destaque aos comentários positivos deixados no site do hotel ou em outras redes sociais. Os depoimentos funcionam como provas sociais que o estabelecimento oferece um serviço de qualidade e que se preocupa com seu hóspede;
  • Criar um senso de urgência com posts “relâmpago”. Quando você cria postagens como “últimas vagas” ou “promoção válida para as próximas 24 horas apenas”, entre outros, cria um senso de urgência em seu hóspede. Isso é um gatilho mental poderoso, pois ativa a vontade de fazer a reserva para não perder essas vantagens;
  • Cupons de descontos especiais para aquela rede social. Se você quer engajar uma rede social específica do seu hotel, a melhor forma é criar um desconto ou promoção exclusiva para essa. Empresas com página no Facebook e o Instagram utilizam muito dessa estratégia. É comum vermos o “Siga a página, compartilhe em seu perfil e marque um amigo para concorrer ao prêmio”. Esse tipo de gatilho também traz uma grande visibilidade e resposta para o estabelecimento. Você também pode criar um cupom de desconto exclusivo para quem ver a promoção na rede, assim você consegue mensurar de forma mais precisa o alcance dos seus posts.

 

Tudo certo? Já está inspirado para dar aquele “up!” no perfil do seu hotel? 😀

E tem gente que acha que tudo isso é muito caro e precisa de uma equipe enorme… e se a gente te dissesse que não é verdade, você ficaria feliz?

Equipe e investimento não precisam ser um problema

Contamos neste post diversas estratégias que podem ser utilizadas em redes sociais na hotelaria. Como citamos, de início vai parecer que você terá muitas funções e precisará de uma equipe maior para exercer tudo isso de uma vez. A preocupação com o investimento também é comum e, claro, normal. Todo estabelecimento precisa planejar-se financeiramente para dar um passo mais largo e se beneficiar com os lucros mais futuramente.

A boa notícia é que atualmente já existem plataformas de automação para o marketing hoteleiro que exercem todas as funções citadas neste post e quase que de forma independente.

Você pode optar por esses sistemas e apenas administrar as tomadas de decisões sobre seu marketing. Não é fantástico? 😀

Empresas que ofertam sistemas de automação também já contam com um processo inteligente para você criar suas promoções e logo em seguida publicá-las nas principais redes sociais, com textos de inspiração e fotos atrativas, que podem ser utilizados naquelas situações que você está com a semana bem corrida e precisa resolver logo seus pacotes e divulgações, por exemplo.

O custo dessas plataformas é bem menor que ter uma pessoa dedicada ao marketing, por exemplo, possibilitando um retorno maior com suas reservas diretas. 🙂

Agora se sente mais preparado para trabalhar as redes sociais na hotelaria?

 

Se ficou ainda alguma dúvida, você pode deixar um comentário ou entrar em contato com a nossa equipe.

E o que acha de conferir mais dicas interessantes em nosso ebook Guia Definitivo do Marketing Digital para Hotéis e Pousadas. Baixe agora gratuitamente!