Uma imagem vale mais do que mil palavras. Mas, nesse caso, ela pode valer a diária de um hóspede! 🙂

Você sabe que as fotos que seu hotel ou pousada disponibilizam no site e canais de reserva são as grandes responsáveis por atrair mais hóspedes e, consequentemente, reservas. Mas, muito hoteleiro ainda não capricha nas imagens… 🙁 É disso que vamos falar nesse artigo: a importância da fotografia para hotelaria e algumas dicas práticas para você tirar as melhores fotos do seu hotel ou pousada!

Fotografia na Hotelaria

Você já reservou um lugar que não tinha fotos? Ou que as fotos eram escuras e deixavam dúvidas sobre como era o local? Provavelmente não…

Quem está buscando um hotel ou pousada quer ver fotos, muitas fotos, tudo para observar vários detalhes e conhecer cada ambiente para que possa tomar a decisão em reservar com o hotel A ou B (claro, que essa tomada de decisão envolve outros fatores também), mas nessa análise as fotos contam muito! A maioria dos hóspedes toma sua decisão baseada em imagens – vai dizer que você não queria curtir uma piscina igual aí abaixo e reservaria esse hotel se estivesse dentro do seu orçamento? 😉

Foto arthurgalvao via Pixabay.
Fotos de qualidade chamam mais a atenção e garantem um maior número de contatos. Elas não só colocam em evidência as qualidades do hotel, como também afirmam a qualidade e dão credibilidade, valorizando mais o local.

Expectativa x Realidade

Já pensou reservar um lugar com uma piscina que parece enorme, com borda infinita, linda, mas chegar lá e ser totalmente diferente? #frustada Foi isso que aconteceu com a inglesa Jenny Kershaw, que descobriu que a piscina do hotel que reservou no Vietnã passava longe do cenário paradisíaco das fotos divulgadas em um site de reservas online (OTA) – foto abaixo do Twitter de Jenny divulgada via UOL.

Foto: Twitter de Jenny divulgada via UOL.

Para evitar o sentimento de frustração e raiva também do seu hóspede, as fotografias para hotéis devem ser feitas de forma planejada para colocar em evidência as principais qualidades e seus diferencias, mas de forma verdadeira! Nada de produzir demais, “photoshopar” ou transformar os ambientes no que eles não são no dia a dia. Se as imagens não forem condizentes com a realidade, o hóspede poderá ficar frustrado e nunca mais se hospedar no estabelecimento, além de colocar em risco a reputação online e a credibilidade do local.

O objetivo das fotografias é envolver emocionalmente o hóspede, de forma que ele possa tomar sua decisão de forma positiva para o estabelecimento. Ao mesmo tempo, elas devem introduzir o hóspede ao hotel, evidenciando cada detalhe do que pode ser oferecido e de como ele pode vivenciar uma experiência prazerosa.

Muitos hotéis e pousadas pecam no momento de escolher quais fotografias devem ir para o site. Muitos optam por determinados ambientes e detalhes em detrimento de áreas mais importantes. Então, anota aí: para divulgar da melhor forma seu hotel para os visitantes do site, as principais fotos devem ser:

  • Dos quartos, inclusive banheiros;
  • Da área de lazer, como piscina, deck, hidro, sauna, etc;
  • Dos serviços extras oferecidos, como salão de jogos, sala de SPA, academia, dentre outros;
  • Refeições (principalmente café da manhã);
  • Fachada do hotel e recepção;
  • E áreas em geral, como estacionamento, rua da frente, ambientes ao redor do hotel;
  • Vale a pena também investir em fotos em 360º com tour virtual que apresentam cada ambiente de forma ainda mais dinâmica e em detalhes.

Vamos falar um pouco sobre cada um?

Fotos dos Quartos

É importante divulgar mais de uma foto do mesmo quarto, de diferentes ângulos e de dia e a noite, pois em apenas uma imagem não dá para ter a real noção das dimensões e posição dos móveis comparativo à porta de entrada, janela (varanda), banheiro e outros cômodos.

O ideal seria disponibilizar fotos da entrada do quarto, da cama, do ambiente visto a partir da entrada, do ambiente visto a partir da cama, da vista da janela (ou varanda), do banheiro e de algum ângulo que pegue da janela à porta mostrando o ambiente como um todo. Isso pode conferir uma sensação mais real das dimensões para o hóspede.

É importante também destacar o que cada quarto oferece para os hóspedes. Isso também vai ajudar a valorizar mais o seu serviço.

A vista também pode valorizar (e muito) um quarto. Alguns hotéis e pousadas que oferecem vista direta para o mar, para área verde ou um ponto turístico chegam a cobrar até cinco vezes mais o valor de uma diária comum, somente por causa do privilégio de curtir um visual sensacional sem sair do quarto. Se for o caso, não deixe de usar essa ferramenta a seu favor.

Foto: Rocio Fotografia do Quality Hotel Aeroporto.
Fotos das Instalações, Lazer e Serviços Oferecidos

Muitos hóspedes tomam suas decisões baseados nos serviços que um hotel ou uma pousada oferecem.

Se o seu estabelecimento conta com piscina, hidromassagem, SPA, salão de jogos, cinema, área relax, entre outros, dê ênfase para essas fotografias. Melhor do que listar os espaços que você oferece é ter fotos em vários ângulos para que os hóspedes possam ter uma noção melhor de toda a pousada.

Quando for tirar fotos da área externa, principalmente da piscina, opte por tirar em um dia bem iluminado que possa dar mais vivacidade para a água – mais a frente vou dar dicas práticas para você tirar fotos incríveis com o celular, continue lendo…

E fotos dos hóspedes (ou figurantes mesmo) usufruindo das áreas é algo bem interessante a ser feito. Use a criatividade! Pode pedir para seus funcionários posarem para fotos, ou você e a família e amigos. Isso causa um efeito visual interessante nos visitantes, bem como serve de prova social que os ambientes são reais e a experiência existe.

Mesmo que haja uma excelente descrição sobre os serviços oferecidos, uma foto atrai muito mais a atenção de uma pessoa, e é esse tipo de atenção que você quer para atrair mais hóspedes.

Foto: Rocio Fotografia do Radisson Aracaju.
Fotos do Café da Manhã e Refeições

Hotéis e pousadas que fotografam suas refeições também ganham pontos a mais com os hóspedes.

Priorize as principais refeições do dia na hora de fotografar. Isso também chama muito a atenção do hóspede, que já pode chegar ao estabelecimento com a expectativa alta sobre o que vai comer. Muitos hóspedes, inclusive, optam por estabelecimentos que ofereçam mais variedade no café da manhã e querem ver as delícias nas imagens também.

Na hora de fotografar o café da manhã, é importante que a fotografia seja bem colorida, evidenciando os sucos e as frutas da época que são servidas, bem como bolos e salgados. A decoração e arrumação da mesa do buffet ou como é servido o café também conta. Tire fotos logo que arrumar o espaço, bem cedo, quando não tem hóspedes se servindo e também quando estiver movimentado. Assim, os visitantes podem ver a realidade da área do café. Ah, doces e refeições saudáveis são as fotos preferidas pelos hóspedes!

Foto: Rocio Fotografia do Hotel Go Inn Manaus.
Foto da Recepção e da Fachada

A recepção do estabelecimento não pode ser esquecida também. Tire fotos da entrada do hotel ou pousada, mostrando cada detalhe possível em cada fotografia.

Se houver áreas verdes ao redor da entrada, não deixe de dar um destaque especial para ela também. Mostrar fotos da natureza que circunda o seu estabelecimento pode transmitir uma sensação de paz e conforto maior para os hóspedes.

Na hora de tirar as fotografias do hall de entrada, apenas tome um cuidado extra com a iluminação. Opte ou por tirar fotos com a luz natural do dia, ou com luzes artificiais. As duas em contraste causam um efeito não muito interessante em uma fotografia.

Fotos da rua onde está a entrada e os arredores são ótimas para passar maior segurança para seu futuro hóspede, pois ele saberá antecipadamente onde estará chegando.

Foto: Rocio Fotografia do Radisson Porto Alegre.

Fotos em 360º com Tour Virtual

Incluir fotos em 360º com tour virtual pode ser um diferencial para o seu estabelecimento. Além de elas causarem uma sensação maior de realidade ao hóspede, ele tem a opção de olhar “de perto” todos os detalhes de cada ambiente do hotel.

É uma ferramenta muito útil, já que o hóspede pode ter uma noção muito mais real do estabelecimento. Isso evita quaisquer tipos de conflitos, pois fica difícil de passar uma impressão errada sobre os ambientes.

Além de informar e mostrar em detalhes, o hotel não fica restrito a fotos estáticas. O tour virtual pode conter diferentes elementos, que quando somados, podem proporcionar uma experiência e sensação mais real ao futuro hóspede.

        Já falamos Tudo o que você precisa saber sobre Fotos 360° para Hotelaria. Clique aqui para ler.

Além disso, as fotos não precisam se restringir a um único ambiente. Elas são tiradas de tal forma que os ambientes fiquem interligados entre si. Dessa forma, o hóspede tem a possibilidade de visitar todo o hotel ou pousada dentro do próprio site, como em um passeio mesmo.

Veja um tour virtual como fica: https://goo.gl/maps/gRvghzqKWUwp1Y8q7

Há aplicativos de celular que fazem fotos 360 graus e programas que montam o tour. Quando for tirar as fotos, pense em percorrer o caminho que seu hóspede fará no hotel. Assim, o tour deve iniciar na rua de chegada (ou no estacionamento), passar pela entrada, percorrer o hall até chegar na recepção, seguir para áreas comuns e quartos, até finalizar na vista linda do quarto mais top! Que tal?

O tour virtual é uma forma também de otimizar as visitas em seu site e ajudar a convencer a fechar reserva direta.

Dicas para tirar fotos profissionais do seu hotel ou pousada com o celular

Nem sempre é fácil captar a imagem perfeita do seu hotel e ambientes. Contratar um fotógrafo profissional especializado em imagens de hotéis seria o ideal. Mas, sei que nem sempre o orçamento permite a contratação desse serviço.

Por sua vez, os celulares modernos possuem ótimos recursos para fotografia, afinal, todo mundo anda com seu smartphone na mão sempre pronto para capturar os melhores momentos do dia.

Então, selecionamos algumas dicas práticas para tirar as melhores fotos do seu hotel ou pousada usando o seu celular:

1. Verifique a resolução e configurações

Antes de iniciar a sessão fotográfica, é fundamental dar aquela olhadinha se as configurações e resolução estão corretas.

A maior parte dos celulares atuais possuem resolução Full HD ou 4K, porém muitos deles ficam com uma resolução menor ativada por padrão. Isso ajuda a não encher o armazenamento do aparelho com fotos na resolução máxima, mas não é o ideal para quem quer imagens em alta qualidade. Por isso, certifique-se de olhar as configurações da sua câmera antes de começar a tirar as fotos e deixar na opção Full HD ou 4K.

O recurso HDR pode melhorar bastante a qualidade das suas fotos também, então o deixe ativado. Ele ajuda a conseguir um ótimo contraste, cores mais vibrantes e um detalhamento bem melhor que o normal. O HDR “tira” três fotos automaticamente em diferentes níveis de exposição para combinar seus em melhores aspectos e então apresentar o resultado de maior qualidade. Fotos feitas com este recurso demoram um pouco mais, mas valem a pena.

2. Limpe a lente

Parece óbvio, não é? Mas, muita gente esquece de limpar a lente antes de tirar foto e as imagens acabam saindo “borradas” ou “embassadas”.

Estamos sempre levando o celular na bolsa ou no bolso, pegando na lente para acomodar o equipamento da hora de falar, deixando na recepção, em áreas externas… enfim, esse manuseio todo suja a lente – e isso é normal. Mas, limpar a lente nem sempre faz parte de nosso procedimento diário.

Então, antes de clicar a próxima foto, dê uma “limpadinha” na lente do celular, mesmo que ela pareça estar limpa. Use um pano seco ou esses próprios para lentes.

3. Segure sempre com as duas mãos

Outra dica que pode parecer óbvia, mas muita gente não faz: sempre segurar o telefone com as duas mãos na hora da foto! Se seu celular não estiver firme, é bem provável que as fotos saiam tremidas, não nítidas e com a qualidade não tão boa.

Isso é extremamente importante também para você conseguir enquadrar as fotos nas regras de composição que vou te falar mais pra frente.

4. Ajuste o foco

Celular nas mãos, hora de focar! Assegure-se que o foco esteja correto. Vários celulares já vêm com a configuração padrão de “autofoco”.  Ele é bom quando tiramos fotos de paisagens e ambientes no global. Mas, para dar foco a um objeto ou pessoas, desative esse recurso e deixe no manual. Aparecerá no centro da tela um círculo que você irá posicionar onde deverá ter foco.

Às vezes você precisa tocar algumas vezes na tela para ter certeza que esteja focado o local correto.

5. Não utilize o flash

Nada de usar o flash para tirar fotos com o celular. Esse recurso pode até parecer que ajuda em ambientes escuros, mas é fraco e só vai deixar suas imagens mais feias, com cores estranhas e aquele brilho excessivo. Se tiver pessoas na foto, essas ficam com aqueles sombrios olhos vermelhos… além das imagens finais parecerem bem amadoras.

6. Não use o zoom digital

Quer aproximar o objeto ou a pessoa? Dê uns passos a frente se possível, pois usar o zoom não é indicado. O zoom digital aumenta e distorce a imagem que já está na tela, ele não aproxima a imagem realmente como em zoom manual.

Olhando a tela você vai dizer: “mas a foto não ficou ruim!”. Na pequena não. Mas olhando no computador e em telas maiores, verá que ficou um desastre, sem foco e sem nitidez.

OBS: alguns celulares lançados em 2020 dispõem de qualidade e zoom óptico muito bom. Mas, nada de exagerar.

7. Use o modo “paisagem” – fotos horizontais

Mesmo sendo comum visualizar fotos na vertical no smartphone, você sempre deve tirar fotos na horizontal (com o celular “deitado”). Isso permite você ter mais opções de enquadramento e poder incluir um pouco mais do cenário à sua volta.

O modo horizontal das fotos ajuda também a visualização no computador, TV, e permite que o visitante do site ou canal de reserva veja mais do ambiente.

Mantenha sempre os horizontes em linha reta também. Se você costuma ir à praia, provavelmente viu a linha do horizonte retinha lá ao fundo. Por isso, nosso cérebro entende essa composição como natural. Então, se você tirar uma foto em o chão ou a linha do horizonte fique torta, a imagem ficará estranha para quem a vê!

8. Luz! O mais importante da sua foto!

Mais luz = mais qualidade = mais nitidez

A luz natural é a melhor para suas fotos.Ela deixa as cores mais “normais” aos nossos olhos. Então, quando for tirar fotos, preste atenção na iluminação do local.

Prefira tirar as fotos internas com a luz natural, abra as janelas e veja aonde chega a luz e como ela ilumina os objetos e ambiente em geral. Se posicione sempre de costas para a luz, ou seja, a luz ilumina os móveis, objetos, não você. Quando não tiver essa opção de luz natural, ligue as luzes e feche as cortinas! Isso faz com que o ambiente fique mais aconchegante e suas fotos não saiam “estouradas” com a interferência da luz externa.

Quanto mais luz tiver no entorno do objeto e iluminando a paisagem, mais qualidade de imagem você terá. Mas cuidado com a luz direta! Quando tiver muita luz direta em seu objeto, mais difícil será para controlá-la (como a luz do meio dia).

A melhor hora para sua foto

A chamada “golden hour” (ou “hora de ouro”, em português) acontece no final da tarde, quando o sol está se pondo. Esse momento é considerado bom para fotos graças à distribuição de luz mais regular, que reduz a quantidade de sombras. A iluminação até às 10h da manhã e pelas 16h/17h é a melhor para as fotos, principalmente as externas.

9. Use a lente “grande angular”

Os celulares modernos já vêm com uma lente “grande angular” (chamada de ultra-wide), ideal para fazer fotos de paisagens e arquitetura do hotel. Ela permite a foto em um ângulo bem aberto. Ela é ótima para fotos da fachada, área de lazer, quartos, enfim, use e abuse dessa lente caso seu telefone tenha!

10. Enquadramento e cenário de fundo

Algo bem comum de se ver em fotos que nós tiremos são objetos desnecessários aparecendo no fundo da imagem, aquela lixeira, placa ou poste mal posicionado que tira o foco do que você realmente queria mostrar!

Então, ao ajustar o enquadramento da imagem, preste a atenção no cenário e “corte” esse objeto na sua foto posicionando o celular mais um lado, para outro, para cima… tire a foto, veja o que há “de errado”, e corrija a posição para a foto ficar mais agradável ao olhar.

Mas, calma. Há certos objetos que podem ajudar a criar um senso de profundidade na imagem, como bancos e paredes.

Experimente também tirar fotos de ângulos ou distâncias diferentes de um objeto para outro e da paisagem como um todo. Nem sempre temos aquele “olhar perfeito” na primeira foto, por isso, teste! Tire várias fotos e a cada uma, vá olhado o resultado e aprimorando o clique!

11. Arrumação, limpeza e decoração

Antes dos cliques, prepare os ambientes. Limpe bem (não se esqueça dos vidros, espelhos e janelas), arrume tudo, coloque tudo em seu devido lugar e decore! Flores e enfeites dão um encanto especial as fotos e deixam os espaços mais atrativos. Deixe tudo prontinho para passar sentimentos positivos para seu hóspede, como conforto, bem-estar, segurança…

Arrumação das toalhas no banheiro ou cama é essencial, lençóis bem passados, bem como a mesa do café da manhã ou a área da piscina com toalhas e drinks, e jardins bem cuidados, por exemplo. Imagine o ambiente como se estivesse sendo usado: coloque um livro, um óculos de sol, pendure um chapéu de praia, coloque malas no armário bem como algumas roupas, mas tudo com muito cuidado, sem exagero e muita organização.

Contanto histórias para gerar empatia

Estude as cores e objetos que seus hóspedes possam se identificar. Por exemplo: se você tem um espaço onde muitos hóspedes vão para meditar, praticar yoga ou alongar, na hora da foto inclua objetos e símbolos que remetam a essas atividades. Essas fotos de lifestyle, que mostram qualidade de vida e momentos memoráveis, são ideais também para as redes sociais, em especial o Instagram. Além disso, a empatia do seu visitante será muito maior e as chances dele se tornar hóspede também!

Outro exemplo clássico é de hotéis e pousadas que recebem noivos para casamentos ou noite de núpcias. Nesse caso, colocar um vestido de noiva pendurado, sapatos, anel.. encantam os hóspedes que tem esse objetivo de viagem pela emoção em pensar que pode ser eles a curtirem o espaço.

Os pequenos detalhes fazem a diferença para construir uma foto atrativo. Harmonizar e arrumar ambientes e decoração não deve ser algo apenas para aparecer na imagem. Se o seu hóspede viu nas fotografias e escolheu o seu hotel, ele tem uma expectativa. Se na estada houver algo muito diferente, sem o toque e charme que ele viu anteriormente, o cliente pode se sentir enganado.

12. Liste todas as fotos que você irá tirar

Antes de ir para a prática, faça um planejamento. Liste todas as fotos que precisa tirar, ambiente por ambiente e também pensando no seu hóspede.

Se sua pousada é focada em lazer para casais, mostre todos os espaços que o casal possa usufrir, como piscina, spa, sauna, academia, e dê preferência para decorações em dupla também (vasos duplos, duas cadeiras, espreguiçadeiras, etc) e das cores do amor. Psicologicamente isso tem efeito sim! Agora, se seu hotel é corporativo, foco nas imagens de computadores, salas de reunião ou espaços que possam servir para business, auditório, mesa e cadeiras para trabalhar no quarto, coloque celulares como decoração, notebook, óculos e livros com temas de gestão, inovação, negócios, e tons sóbrios.

E, claro, além dos ambientes em si, faça uns cliques dos detalhes que valorizam e atraem.

12. Composição: REGRA DOS TERÇOS

A Regra dos Terços é base mais usada para composição de fotos. E não é difícil de entender, vamos lá.

Todo celular tem uma opção de adicionar uma grade na tela para que você tenha uma noção melhor do enquadramento das suas fotos. É esse recurso que ajudará na regra dos terços.

Com a grade na tela, você verá que há duas linhas horizontais e duas verticais, e você deverá posicionar os principais objetos da foto no centro ou nos pontos de intersecção dessa grade.

Foto: Exemplo da regra dos terços, fonte: Infoescola.

O segredo das fotos incríveis é deixar seu objeto principal em qualquer um dos quatro pontos que a linha cruza, mantendo o objeto fora do centro. Assim as fotos dão aquela sensação de harmonia e se tornam mais atrativas aos olhos.

13. Que tal humanizar as fotos?

Ter pessoas em suas fotos usufruindo os ambientes ajuda a criar empatia do seu possível hóspede. Além disso, fotos de pessoas na recepção ajudam a transmitir a noção de receptividade, atenção e hospitalidade.

Você pode contratar modelos fotográficos, só fique atento ao contrato de uso de imagem deles, pois após o período de validade, você precisará renovar o contrato ou tirar as fotos do ar. E, se não puder contratar, não tem problema! Pode pedir para amigos, familiares e equipe representar seu hóspede. Inclusive, mostrar os bastidores com os colaboradores integrando o ambiente mostra o comprometimento de todos e a boa imagem da marca. Esteja ciente de que é necessário obter permissão por escrito das pessoas que serão fotografadas. 

14. Edição de fotos

Nem todas as fotos ficam perfeitas e para isso existe a edição!

Se você ainda não entende nadinha de edição, há programas de celular que facilitam nossa vida, como o Adobe Photoshop Mix, Lightroom, Afterlight, Snapseed, Canva e até mesmo o Google Fotos dá aquela corrigida para as imagens ficarem melhores em cores e nitidez.

Há também opção de criar um estilo próprio usando filtros, por exemplo, foto mais esverdeada, amarelinha, rosadinha… é bacana, diferente, porém, lembre-se que os hóspedes querem ver fotos reais e quanto menos tratar e mais natural parecer, melhor.

15. Pratique, pratique, pratique

Só experimentando tirar várias fotos e pedindo opinião de amigos e profissionais que você irá aprimorar. Quanto mais fotos fizer, verá que as fotos novas sempre sairão melhores. E fotos atualizadas dos ambientes são as melhores para qualquer canal!

 

Dicas Importantes para Finalizar

Direitos Autorais: compra de Imagens ou banco de imagens gratuitos

É comum que para ilustrar alguma área ou detalhe, você recorra a um banco de imagens. Existem vários gratuitos e com imagens de ótima qualidade, com o Pixabay, Pexels, FreeImagens e Unsplash, No entanto, é muito importante que a imagem utilizada seja bem próxima ao que você oferece, ou genérica o suficiente para não gerar confusão por parte do hóspede.

Caso pegue a imagem de bancos públicos e gratuitos, ideal é sempre mencionar a origem e o fotógrafo, pois o autor pode cobrar a atribuição a ele na hora de fazer uma postagem.

Caso opte por comprar imagens em bancos pagos, como o Depositphotos, Istock, entre outros, fique atento aos termos de uso e onde pode utilizar a imagem (se o uso é comercial, se pode utilizar com modificações, criação de arte, etc). Para evitar qualquer tipo de complicação com direitos autorais, opte sempre por imagens livres para usar em qualquer condição.

Direito de Imagem

É importante também tomar um cuidado extra na hora de fotografar pessoas e hóspedes no seu hotel ou pousada. Se elas não estiverem de acordo em aparecer de forma pública e mesmo assim as fotos forem postadas, você pode se envolver em problemas com a justiça de direito de imagem.

Portanto, antes de sair tirando fotos quando tiver hóspedes, busque conversar com eles e pedir autorização por escrito para ter isso devidamente documentado. Há alguns estabelecimentos que pedem essa autorização escrita junto com o check-in.

Fotos Enganosas

E, é claro, nem é preciso mencionar que você jamais deve fotografar alguma área do hotel de forma maliciosa, com o intuito de enganar o hóspede.

Além do estabelecimento perder credibilidade, os hóspedes podem até mesmo entrar em uma ação contra o hotel ou pousada por propaganda enganosa.

Lembre-se: se o seu hotel recebe hóspedes estrangeiros, é ainda mais importante manter seu catálogo de fotos bem cuidado em seu site, já que as fotos não necessitam de um intérprete.

 

Esperamos que essas dicas sejam úteis para você e que para seu estabelecimento possa conseguir cada vez mais hóspedes!

Olá! :)
Sou Thaisy, consultora da HotelariaWeb!

Sabia que já ajudamos mais de 60 hotéis e pousadas a aumentarem as reservas diretas?

Ficarei feliz em te ajudar também. Que tal conversarmos sobre o seu Hotel?

Me chame no WhatsApp!

Whatsapp