Nesse post vamos falar tudo sobre o Google Hotel Ads, a ferramenta do Google que está transformando o setor de hotelaria e viagens. Vamos aprofundar os requisitos e os diferentes tipos de dados necessários para executar uma campanha de anúncios de hotéis e aparecer em primeiro no ranking do Google.

Você é dono de pousada, hostel ou hotel? Você quer aumentar suas reservas diretas e o retorno do seu investimento? Se respondeu sim, o Google Hotel Ads e este artigo são para você. 😉

Como você deve saber, o Google, nesses últimos anos, ganhou fama no setor de viagens. Em 2011 foi quanto tudo começou e a empresa lançou o agora aposentado Hotel Finder. Em 2015, veio o Google Price Ads, conhecidos hoje como Google Hotel Ads (GHA). No Brasil, essa ferramenta só foi liberada a partir de 2017, mas até hoje seguiu meio desconhecida de todos.

O que é o Google Hotel Ads

O Google Hotel Ads é um recurso e o canal da busca do Google para hospedagens, que direciona tráfego e reservas para o site de hotéis ao colocar o anúncio em primeiro como resultado da pesquisa de um hóspede, justo quando este está pronto para fazer a reserva. Serve como uma vitrine para que os hotéis vendam diretamente a disponibilidade de quartos no Google, aparecendo nos resultados da pesquisa orgânica realizado por destino.

Ficou confuso? Vamos explicar melhor!

Na prática vamos dar um exemplo: vamos dizer que José é um viajante. Ele entra no Google para fazer uma busca de hotel em Nova York, pois vai viajar nas próximas férias.

Ele digita no Google.com.br “hotel em nova york” e vai obter como resultado uma tela igual a essa aí abaixo.

Na primeira parte dos resultados, José verá os anúncios do Google Adwords. Eles são os anúncios tradicionais, super concorridos, e é onde o Booking.com, Expedia e outras agências anunciam em peso, pois deixa o texto em destaque e nas primeiras posições. É possível concorrer com esses grandes, mas o investimento é alto e o retorno nem sempre satisfatório. Você pode saber mais sobre o Google Adwords para Hotelaria nesse outro post.

E, logo após o Adwords, José verá um mapa e em seguida uma lista com várias opções de hotéis. No final da lista há um “Ver 1.305 hotéis”. Clicando ali vai abrir outra listagem, como a seguir. Este é o Google Hotel Ads!

José verá uma listagem ao lado esquerdo e um mapa ao lado direito, podendo navegar em ambos para escolher a melhor opção de hospedagem para ele, que seja próximo de onde ele preferir, que tenha disponibilidade na data da viagem e o preço dentro do orçamento.

Até aí ok. E onde os anúncios do Google Hotel Ads se encaixam? Justamente nessa listagem. José verá primeiro os hotéis que divulgarem no Ads. E em seguida aqueles estabelecimentos que tiverem mais comentários e melhores notas.

No Google Hotels, José pode filtrar também por “preço mais baixo” e “maior avaliação”. E se José já estivesse em Nova York, ele veria aqueles hotéis próximo a ele nas primeiras posições.

Até aí ok, você deve estar se perguntando “e o que mais?”. E Google fez algo ótimo para reservas diretas.

Quando José se interessar por um hotel e clicar para ver mais informações, verá os dados de contato, endereço, e também opções de reservas e, dentre elas, link para RESERVA DIRETA com o hotel (circulado na imagem abaixo), veja:

Com isso, o hotel consegue competir com as agências online em divulgação e pode também divulgar descontos para reservas diretas a partir de cadastros de clientes (como o Novotel de Nova York fez). E aí, o que achou? Ótima oportunidade, não é?

E por que o Google se esforçou tanto para encontrar o formato perfeito para hoteleiros?

A resposta é muito objetiva: para simplificar o processo de planejamento de viagens para seus usuários.

O Google, como o maior mecanismo de pesquisa do mundo, sabe exatamente quem está pesquisando, o que e quantas pesquisas estão sendo feitas sobre determinado assunto. Assim, José, que é usuário do Google, terá uma melhor experiência de busca quando os resultados são exatamente aquilo que ele quer, como no caso de saber as melhores opções de hospedagem em Nova York.

E o que precisa para usar o Google Hotel Ads?

A primeira coisa que precisa fazer é o cadastro no Google, conhecido como Google Meu Negócio. Preencha tudo corretamente e o mais completo possível. Se sua página já aparece, mas você não tem acesso, é preciso reivindicar a propriedade.

Depois, disponibilizar para o Google três tipos de feeds:

  1. Feed de Acomodações: com as descrições dos quartos/acomodações do hotel;
  2. Feed de Preço e Disponibilidade: com a tabela tarifária e o calendário de dispobilidade;
  3. Feed do Motor de Reservas: é o canal de vendas das acomodações.

Os feeds são códigos bastante técnicos. Se você tiver um profissional de TI capacitado, conseguirá se cadastrar no Google Hotel Ads de forma independente.

Porém, sabemos que a maioria dos estabelecimentos não dispoe de equipe de TI, por isso é recomendável usar um motor de reservas parceiro do Google para ter acesso ao Hotel Ads.

RECOMENDAÇÃO: nós testamos vários motores de reserva e um dos melhores custo-benefício é o WuBook, além de ter uma versão em português, o preço é bem acessível mesmo para pequenos estabelecimentos. Veja mais no site https://br.wubook.net/.

Os anúncios do Google Hotel Ads são abastecidos por esses feeds através do motor de reservas, que tem a vantagem de integrar vários canais, facilitando a gestão das reservas.

Ao fornecer ao Google informações atualizadas e completas sobre preços, disponibilidade e tipos de quarto, o mecanismo do Hotel Ads exibe anúncios de hotéis relevantes para os viajantes que estejam procurando ativamente por acomodações na Pesquisa do Google ou no Google Maps.

Os anúncios são pagos?

Sim, o Google Hotel Ads funciona similar ao Google Adwords: com lances.

São várias opções de lances para ajustar sua estratégia de anúncio:

  • lances de acordo com a tarifação de um quarto com preços flutuantes pela sua disponibilidade;
  • lances multiplicadores: você reduzir ou aumentar o valor do lance por tipo de dispositivo utilizado (priorizar o móbile, por exemplo), dia do check-in, país do usuário, período de hospedagem ou janela de reservas;
  • lances de custo por clique fixo: você indica o valor máximo que pagará por um clique – esse pode ser mais caro que os outros dois.

Você só pagará por clique efetivo que for dado no anúncio do seu hotel, com a vantagem do custo por clique (CPC) ser menor e o retorno maior.

E como os hotéis, hostels e pousadas podem se beneficiar dos Google Hotel Ads?

Primeiro vamos a alguns dados que irão mostrar a importância do Google na hotelaria:

  • cerca de 60% dos viajantes, de forma geral, iniciam o planejamento de uma viagem fazendo buscas no Google;
  • 89% dos viajantes buscam online hotéis, pousadas, hostel e outros tipos de hospedagem;
  • 25% dos viajantes preferem reservar direto com o estabalecimento;
  • cerca de 66% dos usuários de agência online buscam o site do hotel para ver se há promoções ou benefícios, além de confirmar tipos de acomodação, localização, entre outros dados.

Só aí você já percebeu que estar no Google e ter um site do seu estabelecimento são dois itens fundamentais! Após isso, o Google Hotel Ads pode fazer vários benefícios, como:

  • o hotel aparece em primeiro no ranking do seu destino;
  • tem mais visualizações sobre seu negócio, incluindo fotos, tour virtual e contatos;
  • exibe as tarifas das acomodações disponíveis na listagem de hotéis no Google competindo com as agências de reservas;
  • pode diferenciar pacotes de quarto, exibindo recursos e comodidades, como por exemplo Wi-Fi gratuito e café da manhã, ou destacando ofertas exclusivas, como descontos ou eventos de degustação de vinhos, por exemplo;
  • otimiza o acompanhamento de conversões, fazendo o melhor uso do seu orçamento e monitorando a eficácia de seus anúncios em todos os tipos de equipamento (celular, tablet, computador);
  • alcança viajantes em todas as plataformas do Google: resultados de pesquisas orgânicas, Maps, Trips;
  • amplia em até 70% as changes do usuário ir até seu web site;
  • amplia mais 30% de chances do usuário fazer reserva direto com você.

Os micro-momentos do futuro hóspede

O bacana do Google Hotel Ads é que ele já considera toda a jornada do usuário, ou seja, cada etapa do processo de planejamento da viagem, os chamados “micro-momentos”.

Os micro-momentos variam desde o primeiro pensamento de viajar (por exemplo quando o usuário busca por “destinos de férias no nordeste” ou “destinos de lua de mel”), até atividades durante a viagem (por exemplo, a busca “Jardim Botânico de Curitiba”).

Assim, o Google Hotel Ads faz com que um hotel seja visto no momento certo, pelas pessoas certas, não importa como ou onde estão pesquisando – se direto na busca ou no Google Maps. Os hotéis com anúncios pagos no Google ficam mais acima nesse funil de engajamento e recebem mais tráfego direto e segmentado.

O aumento no tráfego direto

Segundo o Google, 60% dos viajantes a lazer e 55% dos viajantes de negócios usam seu mecanismo de busca para planejar suas viagens. Isso é muito tráfego, certo?

Quando um usuário clica no seu anúncio, abre diversas opções e você pode atraí-lo a clicar no item que leva diretamente para a página de reserva do seu hotel, não dos intermediários, como bem fez o Sheraton na figura abaixo:

Considerando que os anúncios de hotéis são compatíveis com vários dispositivos e que eles aparecem para pesquisas genéricas e específicas, o tráfego direto para o seu web site aumenta significativamente, atraindo viajantes relevantes e prontos para compra!

Os anúncios do Hotel Ads são uma fonte incrível de tráfego direto e selecionado para reservas diretas em seu web site!

E os hóspedes são seus desde o início

Com o viajante no seu web site e reservando direto com você, o relacionamento é facilitado desde o início. Aí você precisa utilizar todos aqueles recursos persuasivos que já falamos nesse outro post, como gatilhos de reservas e cadastros para benefícios.

O aumento de tráfego direto aumenta também as possibilidades de reservas, sem intermediários!

Além disso, você poderá obter muitos dados sobre quem procura seu estabelecimento e saber exatamente quem são os “Josés” para melhorar ainda mais a comunicação e o relacionamento com seu público.

Cases de sucesso do Google Hotel Ads

Dois hotéis grandes já tiveram ótimos resultados com a ferramenta do Google.

O Hilton Worldwide, por exemplo, observou um aumento de 12% no ROI (retorno sobre o investimento) com os anúncios do Google Hotel Ads em comparação com os anúncios do Adwords (esse link tem o caso completo, em inglês).

E a rede La Quinta Inns & Suites quadruplicou as reservas via móbile integrando web site responsivo com Google Hotel Ads (veja aqui também em inglês).

E não apenas redes grandes podem se beneficiar. Você também pode ser o próximo caso de sucesso do Google Hotel Ads. Vamos lá! 🙂

E o que acha de conferir mais dicas interessantes em nosso ebook Guia Definitivo do Marketing Digital para Hotéis e Pousadas. Baixe agora gratuitamente!